Como fazer um plano de contas para a sua indústria

O plano de contas é relacionado a operações, que representam valores e que são registrados na contabilidade.

E para que se possa fazer esses registros de forma apropriada, é preciso usar agrupadores – que são contas. 

Assim, um plano de contas é direcionado com todas as divisões de operações no balanço da indústria, de forma a trazer melhores soluções e informações ao seu negócio. 

Nesse plano, pode-se haver:

  • Contas de clientes.
  • Contas de estoque.
  • Contas para cada um dos imobilizados.
  • Contas de banco.
  • Contas para despesas administrativas.
  • Contas com despesas para comunicação.
  • Contas com despesas com pessoal.
  • Contas com ocupação.
  • Contas de bens da empresa. 

Assim, um plano de contas, permite portanto, uma organização onde você possa ver todos os valores e dados das suas contas da indústria, o que facilita sua análise de todo o poder que possui naquele momento e nos períodos futuros, a depender do tipo e vencimentos das contas.

Um dos benefícios de ter esse tipo de ação dentro da sua indústria, é o alto nível de detalhamento de informações, que você tem por meio de um plano de contas, que pode ser um plano de contas sintético ou um plano de contas analítico. 

Qual a diferença do plano de contas sintético e o plano de contas analítico?

A diferença, é que se o modelo escolhido for o analítico, este será mais completo, do que o sintético, que resume as informações. 

No analítico, o detalhamento é mais discriminado, contendo grupos e subgrupos. Mostrando os resultados da sua empresa, de forma individualizada, podendo ser criado grupos diferentes para sua indústria. Exemplos: linhas de produção diferentes. 

E como fazer um plano de contas para indústria?

Com certeza dá trabalho, mas tem sido a solução para muitos negócios. Portanto, o plano de contas deve possuir todos os registros de saldos, sejam eles negativos ou positivos.

O detalhamento de ingressos e despesas também devem constar, de forma a evitar confusões com as informações. 

Num plano de contas, você deve ter grupos, sempre do maior para o menor, seguindo do geral, até as contas particulares.

Assim sendo, o plano de contas deve ser estruturado de acordo com o DRE – que é a demonstração dos resultados do exercício da indústria.

Existem, portanto, 3 grandes grupos de grupos a se desenvolver seu plano de contas, são eles:

  • Ativos – contas que representam bens ou direitos da empresa.
  • Passivos – contas que representam as obrigações da sua empresa e o patrimônio líquido. 
  • Contas e resultados – são contas de resultado, onde o saldo representa uma despesa ou receita. 

Regras estabelecidas em um plano de contas

Sim, é verdade. Para atuar com um plano de contas, existem algumas regras estabelecidas.

É normal em um plano de contas, se adotar códigos numéricos que oferecem facilidade na ordenação e interação.

Entenda que o sistema de graduação das contas, funcionam como se fossem árvores, de forma que essa rede se forma com aqueles 3 grupos principais. Esses dados se tornam de grande importância para sua indústria, pois além de facilitar o controle do negócio, ainda permite maior equilíbrio financeiro e contábil. 

Portanto, se você deseja ter um plano de contas para indústria bem estruturado, venha conversar conosco e nós te ajudaremos com satisfação!

Mais posts similares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu
Recomendado
Fazer uma boa gestão industrial que visa otimizar os fluxos…