Simples Nacional para Indústria – Como se enquadrar?

simples-nacional-para-industria-como-se-enquadrar

Antes De Pensar Em Abrir Uma Empresa No Ramo Industrial, Você Precisa Estar Munido A Respeito Dos Aspectos Necessários Para Que Não Falte Nada

Portanto, Saiba Como Adotar O Simples Nacional Para Ser O Modelo Tributário Do Seu Negócio!

Nem todos os futuros empreendedores estão cientes de que para abrir uma empresa no ramo de indústria é necessário saber qual modelo tributário deve adotar, para facilitar a vida e reduzir a carga tributária.

O fato é que o simples nacional é ideal para empresas que tenham uma receita bruta anual de até 4,8 milhões de reais.

Essa é uma informação que nem todo empreendedor sabe e que costuma gerar muitas dúvidas, mas que com certeza faz uma enorme diferença para a  redução da tributação.

E qual o principal diferencial ao adotar o simples nacional?

Com toda certeza é a possibilidade de unificar todos os documentos de arrecadação de impostos em um só, através da DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional).

Isso ajuda bastante, mas não livra o empresário das demais burocracias, pois, nessa DAS, o empresário do ramo da indústria precisa entender a respeito dos impostos relacionados a esse tipo de empresa e dispor de forma correta na guia.

Como lidar com a burocracia?

Esse é um antigo dilema vivido por todos empresários brasileiros.

São muitos papéis, muitas assinaturas, pagamento de taxas e impostos.

Resumindo, é muita informação para quem não tem domínio desses aspectos contábeis.

Se é a sua primeira vez empreendendo, seja bem vindo ao mundo real.

Mas para se livrar de toda essa burocracia, você precisa pensar diferente dos demais, de forma inteligente e estratégica.

“Como?”

Priorizando a contabilidade desde o momento em que decidir pela abertura da sua empresa, optando pelo simples nacional.

Priorizar, no sentido de já estar ciente de que um bom escritório de contabilidade vai desafogar você, para que o seu tempo esteja disponível para questões cruciais para o seu negócio, como:

  • Contratação de funcionários;
  • Compra de insumos e equipamentos;
  • Definição de ponto para a sua empresa;
  • Reforma.

Se tudo isso já demanda um tempo absurdo e muito trabalho, principalmente quando falamos em uma indústria,  imagina encarar toda a burocracia que a empresa enfrenta, mesmo atuando pelo simples nacional.

Então, foco na estratégia e prioridade na contabilidade.

O seu setor contábil não precisa estar dentro da sua empresa

Agora vão duas dicas de ouro para que você tenha uma otimização de espaço na sua indústria e uma folha de funcionários enxuta…

A primeira dica é se desprender da ideia de que há a necessidade de um setor de contabilidade enfiado dentro da sua indústria!

A segunda dica é delegar funções relacionadas às questões contábeis para quem atua profissionalmente com isso.

Esses dois passos valem para tudo, inclusive para uma indústria que atua tendo o simples nacional como modelo tributário.

Então, como resolver?

Basta fazer como todos os empreendedores modernos estão fazendo…

Terceirizar a contabilidade do seu negócio!

Hoje, as empresas e startups dos mais diversos portes contam com todo suporte contábil e com serviços especializados e de excelência de forma remota.

Ou seja, profissionais capacitados da área de contabilidade organizam todas as finanças da sua empresa e livram você, de uma vez por todas, da tão temida burocracia.

Portanto, pense bem quando for abrir a sua empresa, pois, mesmo através do simples nacional, são muitas as demandas e somente um bom suporte contábil vai proporcionar a liberdade que você tanto deseja.

Mais posts similares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu
Recomendado
Descubra como elaborar um contrato de locação de imóvel industrial!…
Open chat